PUTA


Origem da palavra ofensiva significa simplesmente menina



[Texto extraído da Revista "Aventuras na História: Para Viajar No Tempo"]




Na origem da palavra, em latim, putta é "menina". E, por mais paradoxal que seja, de sinônimo de ingênua e pura passou a ter conotação atual ao longo do tempo, sem uma explicação clara.


"A palavra putta em italiano antigo significa 'menina' também e é preservada em dialetos", afirma o linguista Mário Viaro, da USP.


 "No português europeu, puto é um menino pequeno, usado sobretudo no diminutivo 'putinho'." A palavra existe em português, espanhol, francês e italiano. Uma versão sobre a origem da palavra, popular sobretudo no Espanha, fala da deusa Puta, uma das divindades agrícolas romanas, responsável pela poda (puta, em latim). No dia em que podavam as árvores, as sacerdotisas exerciam a prostituição sagrada em honra à deusa. Com o passar do tempo, o nome da deusa virou sinônimo de prostituta.


O professor Viaro tem o pé atrás. "Outras origens para a palavra possivelmente são fantasiosas", diz ele.

Um comentário:

  1. Realmente paradoxal. Próximo a esse caso, tem o vocábulo "rapariga" que, em Portugal, continua a ser o feminino de "rapaz", mas aqui no Brasil tem um significado ofensivo como a palavra "puta".

    ResponderExcluir